SOBRE A DOENÇA

DE PARKINSON

O QUE É A 

DOENÇA

DE PARKINSON?

A doença de Parkinson (DP) é uma condição do sistema nervoso central causada pela perda de células produtoras de dopamina no cérebro. É considerada uma condição neurodegenerativa, uma vez que as células nervosas (neurônios) do cérebro que controlam os movimentos se deterioram e são perdidas. A falta de dopamina faz com que as mensagens cerebrais não sejam transmitidas adequadamente, o que faz com que os movimentos, a coordenação, o tônus ​​muscular e o equilíbrio sejam drasticamente afetados, entre outras coisas. Também é considerada uma doença progressiva, o que significa que os sintomas aparecem e pioram gradualmente e lentamente.

Até o momento não existe cura para a DP, porém, muitos são os tratamentos multidisciplinares que podem melhorar a qualidade de vida dos pacientes, desde medicamentos, reabilitação física, avaliação psicológica, até intervenções cirúrgicas (tratamentos avançados) que auxiliam no controle dos movimentos de alguns pacientes.

¿ QUÉ CAUSA LA

ENFERMEDAD DEL PÁRKINSON?

Se ha observado que la enfermedad del Párkinson se transmite de padres a hijos, lo que apoya la teoría de que ciertos genes pueden causar la transmisión genética de la enfermedad. 

También existen factores ambientales que influyen en la aparición de la enfermedad, como son los productos químicos tóxicos, virus, bacterias y materiales pesados. Estos pueden causar que mueran las células productoras de dopamina, lo que lleva a la aparición de la enfermedad del Párkinson.

A doença de Parkinson é uma doença progressiva, com sintomas que pioram gradualmente com o tempo. O paciente começa com alguns sintomas não motores que são facilmente confundidos com outras condições, como falta de sono, prisão de ventre e perda do olfato.


Quando o paciente começa a perceber os sintomas motores característicos da doença, significa que a doença já está avançada a ponto de haver perda significativa de neurônios produtores de dopamina. Frequentemente, apenas quando os sintomas motores óbvios aparecem ou começam a interferir na vida diária é que as pessoas procuram ajuda médica.

Os sintomas e as respostas ao tratamento variam de pessoa para pessoa, por isso não é possível prever exatamente como a doença de Parkinson irá progredir. Para algumas pessoas, pode levar muitos anos para que a condição se desenvolva, para outras pode levar menos tempo.


 Uma série de escalas de avaliação são usadas para medir o progresso da doença de Parkinson. As escalas motoras (de movimento) são as mais conhecidas e mais amplamente utilizadas, mas as escalas de sintomas não motores são igualmente importantes.

COMO OCORRE A PROGRESSÃO

DA DOENÇA DE PARKINSON?

COMO 

A DOENÇA DE PARKINSON  

É DIAGNOSTICADA?

A doença de Parkinson é difícil de diagnosticar porque não existe um teste específico para a doença. Os sintomas da doença de Parkinson variam de pessoa para pessoa e várias outras doenças apresentam sintomas semelhantes. Por essas razões, às vezes são feitos diagnósticos incorretos. Se você suspeita que você ou alguém que você conhece tem doença de Parkinson, é importante que consulte um neurologista especializado em distúrbios do movimento em breve, que solicitará uma série de exames de imagem, laboratoriais ou genéticos que permitam um diagnóstico conclusivo.

O mais importante é se você observar os sintomas da doença de Parkinson, consulte um médico o mais rápido possível.


Os sinais da doença de Parkinson incluem os sintomas clássicos que afetam os movimentos: tremor, rigidez muscular e lentidão. Mas eles também incluem: sintomas que começam em um lado do corpo, mudança na expressão facial (olhar fixo, ausência de piscar), falha em balançar um braço ao caminhar, posição curvada (flexão), ombro congelado, com dor, mancar

ou arrastar uma das pernas, dormência, formigamento, dor ou desconforto no pescoço ou nas extremidades, voz suave, caligrafia pequena, sensação de tremor interno, perda do olfato, depressão ou ansiedade.

Alguns desses sintomas são bastante comuns e não são exclusivos da doença de Parkinson, então se você tiver algum desses sintomas, você pode ter ou não a doença, por isso é importante visitar um neurologista especializado em distúrbios do movimento.

Océano

DESCUBRA SE VOCÊ É CANDIDATO

EM NOSSA AUTOAVALIAÇÃO

O ParkinsoneEu.com não fornece serviços de consulta médica. As informações compartilhadas neste site não devem ser consideradas uma consulta médica. Trate com o seu médico a sua informação para diagnóstico e tratamento. Apenas o seu médico pode determinar qual terapia é ideal para você.

- Termos e Condições - Privacidade de Dados -

Os médicos que contribuem para esta página o fazem com a sua própria responsabilidade e conhecimento. As opiniões expressas são só deles e não representam as opiniões do www.parkinsoneeu.com, da comunidade Parkinson e Eu, ou da Medtronic, necessariamente.


Todos os direitos reservados PARKINSON E EU